Chinesa Higer negocia instalação de fábrica de ônibus elétricos no Pecém

Com um robusto plano de expansão, o Ceará entra no raio de escolha não somente pelo fator proximidade geográfica com mercados europeu e das Américas, mas também por causa do hidrogênio verde


Ônibus elétricos da Higer. Foto: Divulgação

Átila Varela
atila@focus.jor.br

A chinesa Higer está interessada em instalar instalar uma fábrica de ônibus elétricos no Pecém. A iniciativa, discutida com o Governo do Estado, vai demandar investimentos de US$ 20 milhões.

Com um robusto plano de expansão, o Ceará entra no raio de escolha não somente pelo fator proximidade geográfica com mercados europeu e das Américas, mas também por causa do hidrogênio verde.

Voltando à fábrica no Ceará. A unidade local deverá importar os ônibus via PKD. Nesse modelo, o veículo virá como um “Lego”. Em resumo, vem pronta. No Estado, vidros, assentos e motor serão colocados no ônibus.

Em entrevista ao Valor Econômico, o diretor para América Latina da Hiber, Marcelo Barella, ressaltou que os fornecedores da montadora podem atender perfeitamente as necessidades da Higer no Ceará. No seleto rol estão Siemens e Dana, para motores; ZF para suspensão; Bosch para caixas de direção. As baterias ficariam a cargo da CATL. Recentemente esta última fechou acordo com a fabricante brasileira de baterias Moura.

Contudo, no Brasil, a empresa vai atuar via TEVx Motors Higer.

Mas antes de chegar ao Ceará, a companhia já aporta em São Paulo, após contrato com a Enel. E a Enel vai disputar uma licitação ou concorrência para o fornecimento dos veículos elétricos. Vencendo, a Higer monta a estrutura de carregamento e aluga todo o pacote de operadores.

A chinesa responderá, se tudo der certo, pela manutenção e treinamento dos motoristas.

Quem é a Higer

A Higer Bus Company Limited, conhecida como “HIGER Bus”, foi fundada em 1998. Ao todo, foram mais de 10 bilhões de yuans (aproximadamente R$ 7,97 bilhões) exportados em ônibus para mais de 100 países.

A Higer é classificada entre entre “500 Marcas Mais Valiosas da China” pelo 11º ano consecutivo.

Conta com 4 mil funcionários, sendo 1.100 profissionais e técnicos. Sua produção industrial gira em 35 mil ônibus de médio e grande porte, além de chassis.