Ceará toma dianteira da produção industrial do Nordeste em julho

Alta foi puxada pela fabricação de produtos de metal (exceto máquinas e equipamentos), totalizando 1,201% de elevação


Foto: Divulgação/Governo Federal

Átila Varela
atila@focus.jor.br

A produção industrial cearense cresceu 1,9% no mês de julho. A informação é do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A alta foi puxada pela fabricação de produtos de metal (exceto máquinas e equipamentos), totalizando 1,201% de elevação. Também cresceu a atividade de preparação de couros e fabricação de artefatos em couros (16%), assim como a fabricação de produtos de minerais não-metálicos (9,3%).

Com o resultado, o Ceará despontou no Nordeste. Bahia e Pernambuco apresentaram retração de 5,6% e 10,2% respectivamente.  No Brasil, a produção industrial registrou queda de 2,5%.