Ceará propõe orçamento de R$ 29,5 bilhões para o ano que vem

A proposta leva em consideração a previsão de crescimento de 4% do Produto Interno Bruto (PIB) do Ceará para o próximo ano


Foto Metrofor. Foto: Divulgação.

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

Camilo Santana enviou na terça-feira, 13, para a Assembleia Legislativa, o Projeto de Lei Orçamentária (PLOA) para o exercício financeiro de 2021. O texto prevê um orçamento de R$ 29,5 bilhões para o próximo ano. Desse total, R$ 3,6 bilhões serão para investimentos, incluindo financiamento próprio, convênios com os governos federal e municipal e operações de crédito contratadas.

A proposta leva em consideração a previsão de crescimento de 4% do Produto Interno Bruto (PIB) do Ceará para o próximo ano, contida no Boletim Focus do Banco Central. Em relação à aplicação para investimentos, são destacados os aportes para a continuidade de grandes projetos, a exemplo da implantação do Sistema Metroviário – Linha Leste, construção do Cinturão das Águas do Ceará (CAC) – Trecho I, pavimentação e implantação de rodovias, modernização da estrutura da unidade de ciência, tecnologia e inovação (Promotec II), implantação do Hospital Regional do Vale do Jaguaribe e projetos de melhoria da mobilidade urbana.

O projeto também prevê a implantação do Sistema Metroviário – Linha Parangaba/Mucuripe e o aperfeiçoamento do controle do trânsito de mercadorias. “O governo mantém ainda foco nos investimentos na área social como a ampliação do abastecimento de água e do esgotamento sanitário, a expansão da oferta de ensino em tempo integral, a construção de escolas diferenciadas indígenas, quilombolas e do campo, a construção e ampliação de unidades prisionais, a modernização das unidades de segurança pública, a urbanização de áreas do Rio Maranguapinho e do Rio Cocó, a instalação do Centro de Regulação, Laudos e Inteligência e a implantação de equipamentos na área da saúde”, destaca o texto enviado pelo governador à Assembleia.