Ceará é fenômeno empreendedor e só fica atrás de SP, RJ e MG em quantidade e tamanho de bilionários

Os 16 bilionários cearenses identificados pela Forbes possuem fortuna total de R$ 66,08 bilhões e deixa comendo poeira estados como Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Pernambuco.


Imagem da página da revista com o gráfico que mostra o desempenho dos bilionários por estado. O Ceará fica muito bem na foto.

Por Fábio Campos
fabiocampos@focus.jor.br

Apenas o 11ª no ranking do PIB por estado do Brasil, o Ceará é um fenômeno na produção de empreendedores capazes de criar grandes negócios que vão muito além de nossos limites territoriais e se tornam líderes em mercados com alta competitividade. Tanto que o mais recente ranking da revista Forbes apresenta o Ceará como quarto colocado na quantidade de bilionários e no volume de suas fortunas somadas.

Os 16 bilionários cearenses identificados pela Forbes possuem uma fortuna total de R$ 66,08 bilhões e deixa comendo poeira estados como Rio Grande do Sul (14 bilionários com R$ 55,67 bi), Santa Catarina (oito bilionários com R$ 53,08 bi) e Pernambuco (sete bilionários com fortunas de R$ 16,92 bi).

No ranking de bilionários da Forbes, o Ceará só fica atrás de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, o trio de estados que formam o cinturão mais rico do Brasil, na Região Sudeste do País.

O resultado do Ceará poderia ainda ser melhor se considerarmos que a metodologia da pesquisa realizada pela Forbes não é perfeita. Afinal, um grande grupo econômico como o Edson Queiroz, entre os líderes nacionais em gás butano e líder em água mineral, não está relacionado na lista.

O último ranking da Forbes, divulgado no fim de setembro, mostra, pela primeira vez, um cearense entre os 10 bilionários com maior patrimônio. Com uma fortuna estimada em R$ 13,82 bilhões, aos 73 anos, o médico Candido Pinheiro Koren de Lima, fundador e presidente do Conselho do Hapvida está na lista ocupando a décima posição.

Leia Também
+Conheça o seleto clube dos bilionários do Ceará no ranking da Forbes
+Cearense Candido Pinheiro entre os 10 brasileiros mais ricos do mundo em 2019