Carpediem Homes planeja expandir aluguel de temporada em Jeri, Aracati e Cascavel

Após comprar a operação da Apartio no Estado, a Carpediem Homes também aguarda o mercado pós-pandemia e até estuda lançar novos produtos


Samuel Gondim, CEO da Carpediem. Foto: Divulgação

Átila Varela
atila@focus.jor.br

Com o segmento multipropriedade em expansão em todo o País, a potiguar Carpediem Homes quer avançar no Ceará. A prova mais concreta foi a aquisição da operação da Apartio no Estado, no mês de maio. A empresa, inclusive, era a maior proptech (startup do mercado imobiliário) de locação de imóveis em terras cearenses.

O plano é bem robusto: ganhar terreno em Cascavel (Águas Belas), Jeri, Aracati (Canoa Quebrada) e Icaraizinho de Amontada. “Com a chegada de mais imóveis, vamos operar com muito mais força”, explica o CEO da Carpediem, Samuel Gondim.

A empresa concentra boa parte dos imóveis em Fortaleza, Caucaia (Cumbuco) e Aquiraz (Porto das Dunas). “Não temos dificuldade em expandir para outras regiões satélites. Teremos expansões quase que de ponta a ponta”, adianta.

Empreendimento multipropriedade administrado pela Carpe Diem. Foto: Divulgação

Locatários e usuários

A Carpediem Homes acaba atuando em duas frentes. A primeira trata da atração de empreendimentos para sua plataforma. A outra é o modelo multipropriedade onde o cliente pode alugar o imóvel nos Estados do Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

“Não fazemos apenas anúncios. Usamos uma tecnologia para saber a rentabilidade dos imóveis”, explica Samuel. Ao acessar o domínio, a empresa mostra o cálculo para quem quer colocar um imóvel no modelo de aluguel por temporada. O site para os clientes fazerem reservas é: https://reservas.carpediemhomes.com.br/.

Mercado pós-pandemia

Ainda que a pandemia acosse o setor do turismo, o executivo da Carpedim acredita em uma retomada significativa, especialmente em janeiro do próximo ano. “A sazonalidade do Nordeste é praia. Estamos vendo promoções na via São Paulo-Nordeste. Hoje 25% dos nossos hóspedes são nacionais e esperamos que isso aumente”, ressalta. A estratégia para vender o Ceará não difere das demais já adotadas pela empresa.

Novos produtos

Um produto-piloto lançado em Natal foi o Carpe Share. Em vez de imóveis, uma lancha NHD 270 foi colocada para o experimento. E as chances de chegar no Ceará são grandes.

“Tínhamos oito cotas para preencher e houveram 18 interessados. É ainda um produto novo. De março para cá, não retomamos. Agora vamos relançar novamente em Natal com 18 reservas. A partir daí pretendemos expandir. A mesma pegada compartilhada, observando os bons mares navegáveis. Tem demanda pra isso. Não precisamos de 100 (pessoas), mas oito é o suficiente. Vamos fazer um MPV (produto mínimo viável) para chegar no ano que vem (ao Ceará)”, declarou.

Aquisição da Apartio no Ceará

Em maio, o mercado multipropriedade viu a Apartio no Ceará mudar de mãos – antes gerenciada pelo empresário e CEO Luiz Studart. A Caperpediem estudou o segmento local e viu que os voos diretos para os EUA e a Europa poderiam potencializar a chegada de novos visitantes, especialmente internacionais.

Hoje a companhia tem como parceiros construtoras Moura Dubeux, Pernambuco Construtora, HSM e Max Plural, dentre outras, que devem resultar na administração de mais de 4,4 mil imóveis até 2024.