Carlos Matos afirma que foi curado da COVID-19 graças à combinação de hidroxicloroquina e azitromicina

"Eu, por exemplo, deixei de ser internado, certamente entubado se não tivesse usado a medicação", ressaltou o parlamentar que defende o uso do medicamento


Carlos Matos. Foto: divulgação.

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O deputado estadual Carlos Matos afirmou que foi curado da COVID-19 graças à combinação de hidroxicloroquina e azitromicina.

Em sua página no Facebook, o parlamentar afirmou: “Eu, por exemplo, deixei de ser internado, certamente entubado se não tivesse usado a medicação. Então, já começa um movimento no Brasil, alguns infectologistas de São Paulo, de outros Estados. Acho que seria uma medida mais do que acertada para o uso do medicamento até o quarto dia do sintoma”, ressaltou.

Por enquanto, a Secretaria de Saúde do Ceará vai formalizar o uso da hidroxicloroquina em conjunto com a azitromicina e o zinco (se disponível) no combate ao coronavírus. Na prática, o coquetel já vinha sendo prescrito no cotidiano dos tratamentos em diversos hospitais do Estado. Segundo apuração do Focus, a diferença agora é que o tratamento será formalizado em protocolo e, de preferência, para ser ministrado logo na identificação certeira dos primeiros sintomas do Covid-19.

Abaixo, o vídeo do deputado Carlos Matos:

Olá, meus amigos! Hoje quero conversar com vocês sobre o uso dos medicamentos Hidroxicloroquina e Azitromicina no combate ao coronavírus. Assistam até o final e me digam o que vocês pensam sobre isso. Forte abraço!.#CarlosMatos #Coronavirus #Covid19 #Quarentena #Hidroxicloroquina #Azitromicina

Posted by Carlos Matos on Tuesday, April 7, 2020

Leia Mais
+Ceará vai estabelecer protocolo para uso da hidroxicloroquina no estágio inicial da Covid-19
+Internado, com pulmão afetado e se tratando de Covid-19, exame de deputado dá “falso negativo”
+TJCE destina R$ 1,8 milhão de recursos de penas para enfrentamento da COVID-19