Camilo recomenda adiamento das aulas para crianças e reduz capacidade de ocupação de estádios

Uso de máscara N95 para funcionários de estabelecimentos permanece obrigatório


Foto: Reprodução

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O governador Camilo Santana recomendou nesta sexta-feira, 14, que as aulas presenciais de crianças entre cinco e 11 anos retornem daqui a 15 dias.

O objetivo é ampliar a cobertura vacinal dos pequenos antes do início das aulas. O retorno escolar está previsto para começar a partir da próxima segunda, 17.

De acordo com o governador, a aplicação das vacina pediátricas Pfizer tem inicio neste sábado, 15.

Camilo também determinou a redução da capacidade dos estádios de futebol para 30% de seu público total. A medida segue até 5 de fevereiro.

Além disso, o uso da máscara N95 para funcionários de estabelecimentos onde há um alto número de circulação de pessoas como supermercados, shoppings e farmácias permanece obrigatório.