Camilo: “Não há tendência de retorno ou repique da pandemia no Ceará”

Camilo também rebateu as informações do consórcio de veículos de imprensa sobre a alta da média móvel de óbitos no Estado, saltando de 7% para 19%


Camilo Santana. Foto: Divulgação

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O governador Camilo Santana afirmou que uma possível repetição da pandemia da COVID-19 no Ceará, com quadros alarmantes registrados em meses anteriores, não ocorrerá. Isso porque é arrefecimento da enfermidade no Estado.

“Estou aqui esclarecendo e em relação à pandemia do Ceará. Estamos diminuindo o número de casos e circulação viral no Estado”, disse o governador em transmissão ao vivo pelo Facebook. “Não há tendência de retorno ou repique da pandemia no Ceará”, completou.

Camilo também rebateu as informações do consórcio de veículos de imprensa sobre a alta da média móvel de óbitos no Estado, saltando de 7% para 19%.

“Os números não são condizentes com a realidade. Eles são de semanas anteriores que acabam entrando nas semanas epidemiológicas seguintes. Os dados apresentados não se confirmam, não retratam a realidade do momento”, disse.

Ainda alertou sobre as aglomerações em diversos pontos do Estado, inclusive locais turísticos como Jericoacoara. “Não podemos relaxar. Recebi imagens de pontos turísticos (onde as pessoas não usavam máscaras). Me pronunciei nas redes. É importante se proteger, a pandemia ainda não acabou. É fundamental o uso da máscara”, destacou.