Camilo fala que não há confirmação de mortes em prédio que desabou no Dionísio Torres

No início dos resgates, o Corpo de Bombeiros e a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS) haviam informado um óbito


Foto: Divulgação WhatsApp

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O governador Camilo Santana afirmou no início da noite de hoje, 15, que não há confirmação do número de mortes do edifício Andrea que desabou no Dionísio Torres. No início dos resgates, o Corpo de Bombeiros e a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS) haviam informado um óbito.

“A determinação é 24 horas trabalhando para identificar e encontrar essas nove pessoas”, disse Camilo em entrevista a jornalistas no local do desabamento.

Ao todo, 18 pessoas estavam no edifício. Destas, nove foram resgatadas com vida e encaminhadas para o IJF.

Leia Mais

+Solidariedade: Espaço gastronômico arrecada doações para equipes de resgate da tragédia do edifício Andrea
+Presidente do Crea-CE afirma que as construções de Fortaleza “estão envelhecidas e deterioradas”
+Assembleia e Câmara suspendem sessão
+Edifício desaba no bairro Dionísio Torres
+RC cancela a agenda de reuniões e coordena resgate no local
+Camilo cancela agenda em Brasília e retorna para Fortaleza após desabamento
+Sinduscon Ceará apura causas do desabamento de prédio no Dionísio Torres