Câmara refaz regras de transição para aposentadoria de professores

Dentro da nova regra de transição, a idade mínima para professores ficará 5 anos abaixo da estabelecida para os demais trabalhadores.


Equipe Focus
focus@focus.jor.br

A Câmara aprovou nesta sexta-feira, 12, modificou as regras de transição para professores, dentro da reforma da Previdência. Pela proposta aprovada, a idade mínima de professores para optarem para regras de transição – que estabelece pedágio de 100% sobre o tempo restante para se aposentar no momento da promulgação do projeto-  cairá de 58 para 55 anos, para professores, e de 55 para 52, para professoras. Dentro dessa regra de transição, a idade mínima para professores ficará 5 anos abaixo da estabelecida para os demais trabalhadores.

A mudança, apresentada pelo PDT, foi aprovada com 465 votos a favor, 25 contrários e uma abstenção. Na quarta-feira, 10, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) encerrou a sessão após o governo quase sofrer uma derrota justamente em relação aos professores. A emenda derrubada naquela ocasião, do PL, retirava essa categoria da reforma.