Brasil tem mais altas hospitalares que mortes por coronavírus, afirma Ministério da Saúde

O secretário-executivo do Ministério da Saúde disse que a alta pode ser de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e de enfermarias


O secretário executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo. Foto: Agência Brasil.

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O Brasil registrou nas últimas 24 horas 173 altas hospitalares, contra 114 óbitos por Covid-19. O secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo, disse em entrevista coletiva na terça-feira, 7, que a alta pode ser de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e de enfermarias:

“Normalmente, o paciente quando está em UTI não vai para casa. Vai para o quarto e depois vai para a residência”, pontuou Gabbardo que ainda ressaltou que o Brasil tem 55 mil leitos de UTI e quer instalar mais 30 mil adicionais.

“Se tivermos um milhão de casos vai faltar leitos. É difícil responder se o que colocaremos será suficiente. Achamos que sim”.