Bradesco suspende parcelas de contratos de crédito por até 120 dias

A medida é válida para pessoas físicas e jurídicas


Dinheiro
Dinheiro. Foto: Divulgação Google

Equipe Focus.Jor
focus@focus.jor.br

O Bradesco vai suspender as parcelas de contratos de crédito por até 120 dias, além da possibilidade de renegociação de dívidas com pagamentos em até 72 meses. A medida foi anunciada mais cedo pela instituição nesta terça-feira, 19. Ela é válida para pessoas físicas e jurídicas.

O banco já havia prorrogado por 60 dias, em abril e maio, os contratos. No entanto, observou-se que os prazos não seriam suficientes para socorrer os clientes. As prorrogações somam aproximadamente R$ 40 bilhões.