Bolsonaro sobre vazamento de óleo no Nordeste: “o pior está por vir”

"O que chegou até agora e o que foi recolhido é uma pequena quantidade do que foi derramado. Então o pior ainda está por vir", ressaltou o presidente


Mancha de óleo na praia de Boa Viagem (Recife). Foto: Reprodução/WhatsApp.

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O presidente Jair Bolsonaro mostrou preocupação sobre o óleo que afeta o litoral do Nordeste. Segundo ele, o volume pode ser ainda maior e o “pior está por vir”.

“O que chegou até agora e o que foi recolhido é uma pequena quantidade do que foi derramado. Então o pior ainda está por vir, não sei se na costa do Brasil, se bem que as correntes, tudo indica, que foram para a costa do Brasil”, destacou o presidente em entrevista à TV Record. Bolsonaro também foi incisivo sobre a responsabilidade do navio Bouboulina, de bandeira grega.

O Ibama estima que já foram retiradas das praias do Nordeste 4 mil toneladas do óleo. No sábado passado, o combustível fóssil atingiu o arquipélago de Abrolhos, no sul da Bahia.