Bolsonaro sobre incêndios na Amazônia: “Todo mundo é suspeito, mas a maior suspeita vem de ONGs”

Quando questionado se há provas de que foram as ONGs responsáveis pela maioria dos incêndios na floresta, o presidente retrucou: “Não se tem prova disso, meu Deus do céu"


Presidente Jair Bolsonaro. Foto: Divulgação Facebook

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O presidente Jair Bolsonaro “reforçou” que as queimadas ocorridas na Amazônia têm como maior foco de suspeita as ONGs.

Ao deixar o Palácio da Alvorada, na manhã desta quinta-feira, 22, Bolsonaro disparou: “Pode, pode ser fazendeiro, pode. Todo mundo é suspeito, mas a maior suspeita vem de ONGs”.

Quando questionado se há provas de que foram as ONGs responsáveis pela maioria dos incêndios na floresta, o presidente retrucou: “Não se tem prova disso, meu Deus do céu. Ninguém escreve isso, vou queimar lá, não existe isso. Se você não pegar em flagrante quem está queimando e buscar quem mandou fazer isso, que isso tá acontecendo, é um crime que está acontecendo”.