Bolsonaro sanciona auxílio emergencial voltado para artistas informais

A proposta pagará aos artistas informais três parcelas de R$ 600


Foto: Marcos Corrêa/PR.

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

Jair Bolsonaro sancionou, na segunda-feira, 29, a chamada “Lei Aldir Blanc”. O texto estabelece a destinação de R$ 3 bilhões para o setor cultural durante a pandemia de coronavírus. A deputada Benedita da Silva (PT-RJ) configura como autora da proposta que pagará aos artistas informais três parcelas de R$ 600.

O valor similar ao benefício pago pelos trabalhadores informais no auxílio emergencial. Segundo a Secretaria Geral da Presidência, os artistas poderão usar os valores “como subsídio mensal para manutenção de espaços artísticos e culturais, microempresas e pequenas empresas culturais, cooperativas, instituições organizações culturais comunitárias”.

A verba distribuída pela União também contempla a possibilidade de realização de editais, prêmios e aquisição de serviços vinculados ao setor cultural.