Bolsonaro “frustrado” com desempenho de Capitão Wagner no segundo turno, diz colunista

“O presidente seguia com grande expectativa em torno da Capital cearense, visto que seus candidatos em outras cidades no primeiro turno foram à lona”


Jair Bolsonaro e Capitão Wagner. Foto: Divulgação

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O presidente Jair Bolsonaro segue frustrado com o desempenho de Capitão Wagner no segundo turno para prefeito de Fortaleza.

De acordo o jornalista Gerson Camarotti,  da GloboNews, interlocutores ligados ao Palácio do Planalto afirmam, mesmo com o silêncio do presidente, que o ambiente é frustração.

Havia uma grande expectativa em torno da Capital cearense, visto que os candidatos apoiados por Bolsonaro em outras cidades no primeiro turno foram à lona – vide São Paulo com Celso Russomano (Republicanos). A derrota de Marcelo Crivella (Republicanos), dizem as fontes, é dada como certa.

Apenas dois candidatos alinhados a Bolsonaro foram eleitos: Gustavo Nunes (PSL), em Ipatinga (Minas Gerais), e Mão Santa (DEM), em Parnaíba (Piauí).

Apoio a Wagner em lives

Em lives realizadas, Bolsonaro chegou a manifestar apoio ao Capitão fortalezense. No entanto, Capitão vendo que seu nome associado ao do presidente não faria com que sua campanha decolasse no segundo turno, fez questão de se desprender.

Sua propaganda eleitoral fala por si. Wagner disse que chegou a votar contra propostas encampadas por Bolsonaro. Até o senador Eduardo Girão, coordenador de campanha do candidato do Pros, afirmou que Wagner é independente do “bolsonarismo”.

Pesquisa Ibope

A pesquisa Ibope Fortaleza para o segundo turno, divulgada ontem, 23, colocou o candidato do PDT, José Sarto, com 53% das intenções de votos totais. Capitão se manteve com 35%. O levantamento foi encomendado pelo Sistema Verdes Mares.

Quando se trata do universo dos votos válidos, Sarto tem ampla vantagem, com 60%. Capitão fica com 40%.

Leia Mais
+Sarto: “Nosso adversário se comporta como Bolsonaro, atira para todos os lados, espalhando notícias falsas”
+Capitão diz que é “pedra no sapato” dos FGs e fala que Sarto é dono de discurso de “ódio”
+“A quem serve os institutos de pesquisa eleitoral?”, questiona Girão
+Ibope Fortaleza segundo turno: 70% dos eleitores de Luizianne declaram voto a Sarto
+Sarto comemora pesquisa Ibope: “Vamos seguir para que o amor vença o ódio”