Bolsonaro eleva valor do salário mínimo para R$ 1.045

O reajuste deve causar o impacto de R$ 2,13 bilhões no Orçamento da União


O presidente Jair Bolsonaro fala à imprensa no ministério da economia. Foto: Valter Campanato/Agência Brasil.

Equipe Focus
focus@focus

Bolsonaro anunciou nesta terça-feira, 14, um reajuste no salário mínimo. O valor passará de R$ 1.039 para R$ 1.045. De acordo com o presidente, o novo número valerá partir de 1º de fevereiro. A novidade foi compartilhada durante uma entrevista coletiva na sede do Ministério da Economia, onde o presidente se reuniu com o ministro Paulo Guedes.

O reajuste deve causar o impacto de R$ 2,13 bilhões no Orçamento da União. Segundo o chefe do Executivo, a mudança será feita via medida provisória, ato que tem força de lei imediatamente. “Tivemos uma inflação atípica em dezembro. Não esperávamos que ela fosse tão alta assim. Foi basicamente da carne”, comentou Bolsonaro.

“Tínhamos que fazer com que o valor do salário mínimo fosse mantido. Então, ele passa, via medida provisória, de R$ 1.039 para R$ 1.045 a partir de 1º de fevereiro”, pontuou o presidente. A medida visa evitar perdas inflacionárias. Entende-se que ao fixar o valor do salário mínimo em R$ 1.039, o governo se baseou na projeção do mercado financeiro para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor do ano passado.