Bolsonaro diz ver apoio velado de Temer após ex-presidente evitar declarar voto

Temer divulgou a carta após informações de que ele apoiaria Bolsonaro no segundo turno contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT)


Foto: Agência Brasil

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O presidente Jair Bolsonaro (PL) disse nesta sexta, 7, ter visto um “apoio velado” à sua candidatura à reeleição na nota divulgada pelo ex-presidente Michel Temer (MDB). O emedebista afirmou que no segundo turno vai apoiar o candidato que defenda a democracia, cumpra a Constituição e mantenha as reformas realizadas durante seu mandato. Bolsonaro também confirmou que os dois conversaram por telefone, como revelado pela colunista Eliane Cantanhêde, do Estadão.

“Ontem (quinta, 6) houve um contato telefônico meu com o presidente Temer. Ele está fora do Brasil. E ele já, em nota, falou que não vai estar do lado de quem quer destruir parte do que ele fez para o Brasil, como por exemplo a reforma trabalhista, reforma da CLT, que estará do outro lado”, declarou Bolsonaro no Palácio da Alvorada. “Não falou explicitamente o meu nome, mas dá para entender que ele está do nosso lado. Então agradeço esse apoio, mesmo velado, do ex-presidente Temer”, emendou.

Temer divulgou a carta após informações de que ele apoiaria Bolsonaro no segundo turno contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). “Aplaudirei a candidatura que defender a democracia, cumprir rigorosamente a Constituição, promover a pacificação, manter as reformas já realizadas no meu governo e propor ao Congresso Nacional as reformas que já estão na agenda do país”, afirmou o ex-presidente no documento.

Agência Estado