Bolsonaro diz que, caso saia do PSL, levará “a maioria do partido”

"Não gostaria de sair mas se for necessário eu vou seguir a minha linha e tenho certeza que a maioria do partido continua comigo caso eu venha a sair do partido", declarou o presidente


Foto: Divulgação

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que não tem intenção de deixar o PSL. No entanto, caso seja necessário, afirmou que levará consigo a maioria dos apoiadores da legenda.

“Não gostaria de sair mas se for necessário eu vou seguir a minha linha e tenho certeza que a maioria do partido continua comigo caso eu venha a sair do partido. […] A maioria honra o compromisso de campanha. Infelizmente uma minoria não, já se enveredou por outro caminho”, disse o presidente em entrevista à RICTV, afiliada da TV Record em Santa Catarina.

Bolsonaro também declarou que o problema é falta de transparência do PSL. “Estamos com problema no momento, bastante grave. O que eu quero é transparência, nada mais além disso”, pontuou.