Bolsonaro dispara contra Biden: “Nossa soberania é inegociável”

"O que alguns ainda não entenderam é que o Brasil mudou. Hoje, seu presidente, diferentemente da esquerda, não mais aceita subornos, criminosas demarcações ou infundadas ameaças. Nossa soberania é inegociável", disse o chefe do Executivo


Jair Bolsonaro. Foto: Agência Brasil.

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O presidente Jair Bolsonaro disparou contra o candidato à presidência dos EUA, Joe Biden, após o estadunidense afirmar que pagaria US$ 20 bilhões para o País conservar a floresta tropical amazônica.  Biden ainda falou que imporia restrições econômicas ao Brasil.

“O que alguns ainda não entenderam é que o Brasil mudou. Hoje, seu presidente, diferentemente da esquerda, não mais aceita subornos, criminosas demarcações ou infundadas ameaças. Nossa soberania é inegociável”, disse o chefe do Executivo.

Bolsonaro seguiu: “Meu governo está realizando ações sem precedentes para proteger a Amazônia. cooperação dos EUA é bem-vinda, inclusive para projetos de investimento sustentável que criem emprego digno para a população amazônica, tal como tenho conversado com o Presidente Trump”.

O presidente ainda falou que a declaração é “desastrosa”. ” “Lamentável, Sr. Joe Biden, sob todos os aspectos, lamentável”, finalizou.

Leia Mais
+Concorrente de Trump, Biden ameaça economicamente o Brasil com “consequências significativas”