Bolsonaro destaca que Cuba será tratada como ditadura

"Aquilo não é uma democracia, é uma ditadura, tem que ser tratada como tal”, destacou o presidente


Cuba. Foto: Freepik

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

Em sua tradicional transmissão às quintas-feiras no Facebook, o presidente Jair Bolsonaro abordou a questão do posicionamento do País sobre Cuba. O Brasil mudou a posição política e defendeu o embargo à ilha caribenha.

“Conversei com o Ernesto Araújo e pela primeira vez o Brasil acompanha os Estados Unidos na questão do embargo para Cuba. Aquilo não é uma democracia, é uma ditadura, tem que ser tratada como tal”, destacou.

Bolsonaro também disse que seu governo é o “mais democrático”. “E assim o Brasil vai mudando sua posição para centro-direita. O meu governo é o mais democrático de que tenho conhecimento ao longo dos últimos anos”, finalizou.