Bolsonaro confirma Ciro Nogueira na Casa Civil e chama Mandetta de “garoto-propaganda da Globo”

Presidente também falou da criação do Ministério do Emprego e Renda


Senador Ciro Nogueira (Edilson Rodrigues/Agência Senado)

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O presidente Jair Bolsonaro confirmou na manhã desta quinta-feira, 22, uma série de mudanças ministeriais.

Nesse sentido, o senador Ciro Nogueira (PP-PI), assume a Casa Civil. Luiz Eduardo Ramos vai para a Secretaria-Geral, antes chefiada por Onyx Lorenzoni.

Também falou da criação do Ministério do Emprego e Renda. “Guedes tem um ministério enorme. Ele mesmo concordou em tirar essa parte e passar para o novo ministério”, declarou em entrevista exibida em suas redes sociais.

Bolsonaro ainda criticou o ex-ministro da Saúde, Henrique Mandetta. Segundo ele, a preocupação de Mandetta era a compra de respiradores.

“Ele estava com a popularidade lá em cima. Era um garoto-propaganda da Globo. Não trabalhava mais. E eu orientei como chefe dele que ele deveria se afastar da mídia e trabalhar mais”, destacou.

Declarou que há um forte lobby da indústria farmacêutica em não permitir um tratamento barato contra a COVID-19. “O vírus está aí. Desde o começo eu falei que precisávamos aprender a conviver com o vírus”, disparou.