Bolsonaro afirma que realiza maior programa de combate à corrupção: “18 meses sem qualquer denúncia”

Presidente ainda falou que a Polícia Federal goza de "total liberdade em sua missão" e ainda falou que após a saída de Sergio Moro do Ministério da Justiça, "como por um passe de mágica", várias operações foram executadas


Presidente Jair Bolsonaro. Foto: Carolina Antunes/PR

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O presidente Jair Bolsonaro usou as redes sociais para falar que seu governo tem conduzido o maior programa de combate à corrupção. Segundo o chefe do Executivo, cargos estratégicos não foram loteados.

“O maior programa combate à corrupção foi executado por mim ao não lotear cargos estratégicos, como por exemplo as presidências das estatais”, destacou.

Também afirmou que a Polícia Federal é autônoma. “A Polícia Federal goza de total liberdade em sua missão. Nunca interferi, e nem poderia, em absolutamente nada. No corrente ano a PF contará com mais 600 profissionais, bem como o novo Ministro da Justiça anunciou novo concurso para mais 2.000 vagas”, completou.

Ainda criticou Moro sem citá-lo. “Com a troca do Ministro da Justiça, como por um passe de mágica, várias e diversificadas operações foram executadas. A PRF, por sua vez, quase triplicou a apreensão de drogas com o novo ministro”, ressaltou.

Qualquer operação, de combate à corrupção ou não, deve ser conduzida nos limites da lei, e assim tem sido feito em meu Governo”, comentou.

E para finalizar: “Com orgulho digo: estamos há 18 meses sem qualquer denúncia de corrupção. Isso tem incomodado parte da imprensa e os derrotados de 2018.”