Bolsonaro afirma que acreditar em parte da “grande imprensa” será “o fim de todos”

"Não temos como agradar a todos, vasculham minha vida e de minha família desde 1988, quando me elegi vereador", disse o presidente


Foto: Reprodução Twitter

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O presidente Jair Bolsonaro declarou que a inimiga do Governo é parte do que chamou de grande imprensa. Segundo ele, os poderosos veículos de comunicação continuarão com críticas.

“Não temos como agradar a todos, vasculham minha vida e de minha família desde 1988, quando me elegi vereador. Nossa inimiga: parte da grande imprensa. Ela não nos deixará em paz. Se acreditarmos nela será o fim de todos”, declarou o presidente.