BNB fecha primeiro semestre com mais de R$ 20 bilhões em operações de crédito, alta de 11% ante 2020

Volume de recursos destinado pelo banco de janeiro a junho deste ano foi mais da metade da programação orçamentária do FNE para 2021.


Banco do Nordeste. Foto: Divulgação

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

De janeiro a junho deste ano, o Banco do Nordeste registrou R$ 20,3 bilhões aplicados na economia regional, recorde para o período. Segundo a instituição, o valor corresponde a créditos que beneficiam empreendedores e empreendimentos de todos os portes situados na área de atuação do banco e superam em 11,3% o volume aplicado no mesmo período de 2020 (R$ 18,2 bilhões).

Operador exclusivo do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), o BNB destinou R$ 12,5 bilhões dessa linha no primeiro semestre, valor referente a mais de 320 mil operações. Já as contratações com micro e pequenas empresas registraram R$ 1,7 bilhão, valor correspondente a 10,9 mil operações.

“Os números traduzem o empenho do banco na sua missão de oferecer o crédito e se doar de maneira íntegra e integral ao desenvolvimento da nossa região”, disse o presidente do BNB, Romildo Rolim.

Ceará
Considerando apenas o Ceará, o BNB aplicou mais de R$ 2 bilhões com recursos do FNE, em um total de 32,7 mil operações no semestre. Em relação à microfinança urbana, com o Crediamigo, o Estado somou R$ 1,9 bilhão aplicado no período, em mais de 730 mil transações. E, com a linha Agroamigo, foram 28,8 mil operações para R$ 149,8 milhões em investimentos.