Banco do Nordeste lança FNE Startup

Empresas e empresários classificados como microempresa ou empresa de pequeno porte, de acordo com a Lei Geral das MPEs, e Microempreendedores Individuais (MEI), caracterizados como startups, terão disponíveis montante de R$ 2,9 milhões para financiamento de projetos de inovação de produtos, serviços, processos e métodos organizacionais


Inovação. Foto: Pixabay
Inovação. Foto: Pixabay

Equipe Focus.Jor
focus@focus.jor.br

O Banco do Nordeste lançou o programa de crédito FNE Startup. A linha de crédito é a única na América Latina para o segmento. A apresentação ocorreu ontem, 13, em Recife.

Empresas e empresários classificados como microempresa ou empresa de pequeno porte, de acordo com a Lei Geral das MPEs, e Microempreendedores Individuais (MEI), caracterizados como startups, terão disponíveis montante de R$ 2,9 milhões para financiamento de projetos de inovação de produtos, serviços, processos e métodos organizacionais.

Os financiamentos contemplarão aquisição de bens de capital, folha de pagamento, despesas de remuneração de estagiários, capital de giro, quando exclusivamente associado ao investimento, treinamento, capacitação, aluguel de equipamentos e outros bens e serviços necessários à viabilização do projeto de inovação.

Também serão financiáveis despesas com coworking, prestação de serviços especializados,  propaganda, publicidade e paid ads, bem como serviços de armazenamento de dados, a exemplo da contratação de serviços de Cloud Infrastructure (servidor, armazenamento, serviços de manutenção) e gastos relacionados à Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). Poderão ser financiados até R$ 200 mil por projeto, sendo o limite de financiamento de até 100% de seu valor.