Auditores fiscais do Ceará realizam protesto contra interferência política na Receita Federal

Agentes públicos protestaram contra os desmandos do Palácio do Planalto e outros órgãos, como exemplo a decisão do Ministro do STF Alexandre de Moraes, que afastou dois auditores, no exercício legal da profissão, por fiscalizarem pessoas consideradas "politicamente expostas"


Auditores fiscais protestam na sede da Receita Federal. Foto: Divulgação/Frederico Cortez.

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

Auditores fiscais do Ceará realizam nesta quarta-feira, 21, uma manifestação contra a interferência política na Receita Federal. O ato ocorreu na sede do órgão.

Os agentes públicos protestaram contra os desmandos do Palácio do Planalto e outros órgãos, como exemplo a decisão do Ministro do STF Alexandre de Moraes, que afastou dois auditores, no exercício legal da profissão, por fiscalizarem pessoas consideradas “politicamente expostas” e suspendeu a fiscalização de 133 agentes públicos, dentre os quais altas autoridades.

A presidente do Sindifisco DS/Ceará, Patrícia Gomes, afirmou que os agentes estão sofrendo retaliações do Governo Federal. “Temos que demonstrar nossa indignação contra o afastamento dos colegas que atuaram em fiscalizações de altas autoridades do país, contra a suspensão das fiscalizações de agentes públicos e contra interferências políticas na Receita Federal”, destaca Patrícia.