Após 12 anos, aliado de Bolsonaro em Israel deixa o poder

Netanyahu será líder da oposição e ainda terá um papel expressivo na política israelense


Bolsonaro e primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu. Foto: divulgação.

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O parlamento israelense deu voto de confiança para uma nova coalizão de governo que derrotou o ex-primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, após 12 anos consecutivos no poder.

A aliança é formada pelo poder de direita de Naftali Bennet, do bloco Yamina, e Yair Lapid, líder do partido centrista Yesh Atid.

Naftali Bennet irá assumir como primeiro-ministro e ficará no cargo por dois anos. Depois, assume Lapid por mais dois anos, totalizando o mandato de quatro anos.

Netanyahu, que é aliado de Bolsonaro, será líder da oposição e ainda terá um papel expressivo na política israelense, conforme divulga o Poder360.