Anvisa libera 4,8 milhões de doses da Coronavac envasadas pelo Butantan


Butantan havia enviado à Anvisa pedido para uso emergencial de doses da CoronaVac envasadas no Instituto. Foto: EPA.

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) deu, nesta sexta-feira, 22, o aval para uso emergencial de 4,8 milhões de doses da Coronavac envasadas pelo Instituto Butantan. A aprovação foi por unanimidade e é válida, também, às doses que ainda terão a produção finalizada nos próximos meses.

O Butantan pretende fabricar 46 milhões de doses do imunizante produzido em parceria com o laboratório chinês Sinovac e, para isso, aguarda apenas a chegada do insumo farmacêutico ativo (IFA) vindo da China. O segundo lote deverá ser envasado em ampolas que permitem aplicação superior a uma dose por frasco.

No último domingo, 17, a Anvisa aprovou o uso emergencial das vacinas Coronavac, desenvolvida pela Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, e da Covishield — a vacina de Oxford/AstraZeneca, fabricada na Índia. No dia seguinte, a campanha de vacinação foi iniciada em todo o país, com utilização do imunizante chinês.