Cid prepara festão dos 52 anos de Ivo e lista de convidados tem cara de ato político para 2020

Sobral pode ter ficado pequeno para o ex-estudante de Harvard. E por que não um objetivo político em Fortaleza? 


Ivo, o mais novo, e Ciro, a sua referência. A Prefeitura de Fortaleza, que teve Ciro à frente por pouco mais de um ano, na década de 1980/90, sempre foi uma espécie de terra prometida a ser reconquistada pela família. Em passado recente, Ivo nunca escondeu esse desejo.


Por Fábio Campos

fabiocampos@focus.jor.br

O que poderia ser tratado apenas como uma fraterna e amiga comemoração de aniversário passou a ser visto como um inusitado, porém de grande envergadura, ato político com vistas nas eleições vindouras, incluindo a disputa pela Prefeitura de Fortaleza, ano que vem. Com um movimento de Cid, os bastidores políticos ligaram o alarme e estão de prontidão.

Eu explico. Desde o início desta semana, o senador Cid Gomes (PDT) iniciou o disparo, via WhatsApp, para mais de 100 pessoas, todas de grande importância no jogo político e econômico do Ceará, de um convite de aniversário de Ivo Gomes, seu irmão e prefeito de Sobral.

Inusitado por qual motivo?

Como assim de grande envergadura?

O que isso tem a ver com a Prefeitura de Fortaleza?

Obviamente, o que será dito aqui são impressões minhas e de algumas fontes. Gente com experiência suficiente no mercado político para saber que, possivelmente, há um jabuti sendo colocado no galho.

Quem conhece o irmão mais novo dos Ferreira Gomes sabe que sua postura é de discrição. Aniversários sim. Porém, comemorações para pequenos grupos de amigos e familiares. Alias, é esta uma característica dos FGs, incluindo Ciro, que faz aniversários sim, mas somente paras os mais íntimos. Foi o caso de uma festa privada no ano passado.

Ivo faz 52 anos. Não é muito comum um festão para comemorar idade quebrada, numa sexta-feira 13, em Sobral. Não é comum convite distribuído por Cid. Não é comum o perfil amplo dos convidados, que, em muitos casos, nunca nem sequer conviveram com o aniversariante ou conversaram mais amiúde.

São deputados estaduais, deputados federais, prefeitos (como José Arnon), empresários (como José Carlos Pontes e Beto Studart), o reitor da UFC, Cândido Albuquerque, o governador Camilo Santana, o chefe de Gabinete, Elcio Batista, o prefeito Roberto Cláudio etc.

Isso está muito mais para ato político do que para evento social. Mas, ato político com qual objetivo?

Ouvi o seguinte de um convidado cujas funções estão encravadas lá pelos lados do Palácio da Abolição: “Não é mesmo um convite usual, principalmente partindo de Cid. Talvez seja o início do trabalho para a eleição de governador”.

Entendamos que, na linguagem de nossa politica, quando Cid convida os convidados entendem que se trata de uma convocação.

Será? Ivo Gomes está terminando seu primeiro mandato na Prefeitura de Sobral. Naturalmente, tenderia a disputar a reeleição. Porém, Sobral pode ter ficado pequeno para o ex-estudante de Harvard. E por que não um objetivo político em Fortaleza, trocando a princesinha do norte pela loura desposada do sol?

Pois é, por que não Fortaleza? O fato é que o prefeito Roberto Cláudio ainda não tem um candidato claro. Espera o desenrolar dos acontecimentos e espera o momento de definir as coisas com seu grupo político, que tem Ciro e Cid no comando.

Em tempo: Ivo tem domicilio eleitoral em Sobral. A legislação permite mudar até 31 de março do ano da eleição.

A posição de vice de Ivo em Sobral é de quem? É do PT. Opa… Isso pode ser um grande facilitador na costura politica. Sobral é o berço amado dos FGs. Referência nacional de educação. Portanto, oferecer isso ao PT é uma grande demonstração de boa vontade para outras alianças, incluindo Fortaleza.

E nao esqueçam. O festão de Ivo é no dia preferido do PT. Dia 13. A propósito, aparentemente não há convidados petistas na lista, a não ser Camilo, Veveu Arruda e os petistas de Sobral.

Portanto, aguardemos.

Leia Mais
+Cid e a arte de colocar guizo no boi
+Para entender o baralho da eleição de Fortaleza em 2020