Aliado de Bolsonaro, Trump vê isolamento como medida efetiva para combater o COVID-19

Durante entrevista coletiva na noite de ontem, 25, na Casa Branca, Trump declarou que não vai tomar nenhuma ação apressada ou precipitada


Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ao lado do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro. Foto: Reprodução.

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, defendeu as medidas de isolamento impostas para frear o COVID-19 no país. Durante entrevista coletiva na noite de ontem, 25, na Casa Branca, Trump declarou que não vai tomar nenhuma ação apressada ou precipitada.

“Quanto mais intensamente nos comprometermos com o isolamento social, mais vidas poderemos salvar e mais rápido os americanos poderão voltar ao trabalho, voltar a escola”, destacou. A estratégia estadunidense é segurar por 15 dias o isolamento.

E completou: “Quero recuperar nosso país. Ninguém vai sair por aí nos escritórios se beijando ou abraçando, mesmo que sintam vontade”.

Leia Mais
+Camilo fala em preservar economia, mas manda recado: “não agirei mediante pressão de setor A ou B”
+Fiec, Fecomércio e CDL pedem ao Governo estadual ações para blindar economia cearense
+Na prática, Mourão desautoriza Bolsonaro e diz que isolamento social é a posição do Governo
+Jair Bolsonaro se mantém em sua linha histórica: um desastre ambulante
+Prêmio Nobel diz que “vamos ficar bem, mas não é hora de sair para beber com os amigos”
+Vídeo: Ivens Jr, da M.Dias Branco, pede “serenidade” e descarta desabastecimento
+COVID-19: Enquanto Bolsonaro prega fim do isolamento, Camilo e RC mantêm prudência
+COVID-19: Sociedade Brasileira de Infectologia fala em “curva crescente de casos” no Brasil