Alcolumbre confirma que Tasso irá realizar mudanças em parecer da reforma da Previdência

Uma delas trata da expressão "no âmbito da União". Ela permitiria que governadores e prefeitos de criassem alíquotas extraordinárias de contribuição de seus servidores para cobrir o déficit previdenciário


Alcolumbre ouve Tasso, que se tornou um conselheiro senior do jovem presidente do Senado. Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, confirmou que o senador Tasso Jereissati, relator da proposta da reforma da Previdência na Casa, deverá retirar duas modificações feitas em seu parecer. As informações são do Antagonista.

Uma delas trata da expressão “no âmbito da União”. Ela permitiria que governadores e prefeitos de criassem alíquotas extraordinárias de contribuição de seus servidores para cobrir o déficit previdenciário.

“Existe uma polêmica aqui, a maioria dos consultores do Senado acha que não tem problema, que é emenda de redação, mas, por segurança, para que não haja nenhum tipo de ruído, nenhuma judicialização, nos preferimos fazer uma supressão na principal e colocar essas observações na paralela. Zero possibilidade do texto principal voltar para Câmara”, declarou  Tasso ao G1 na noite de ontem.