Aço Cearense encerra processo de recuperação judicial

A empresa recorreu à recuperação após "uma grave crise econômica que assolou o mercado da siderurgia"


Aço Cearense. Foto: Divulgação

 

Por Átila Varela
atila@focus.jor.br

A Aço Cearense comunicou ao mercado o encerramento do seu processo de recuperação judicial iniciado em 2017.

“Essa decisão se dá após o fim do período de acompanhamento judicial de dois anos previsto em lei, com base em manifestações favoráveis do Ministério Público e Administrador Judicial, e no reconhecimento do cumprimento de todas as obrigações estabelecidas no Plano de Recuperação”, declarou a companhia em nota.

A empresa recorreu à recuperação após “uma grave crise econômica que assolou o mercado da siderurgia”.

Por isso, a recuperação judicial se mostrou o caminho mais responsável e assertivo para evitar mais demissões, já que havíamos perdido cerca de 1.300 colaboradores. Com o reequilíbrio financeiro e operacional das empresas do Grupo Aço Cearense, mantemos atualmente quase 4.000 colaboradores, e a perspectiva é de crescimento desse quadro a partir dos novos investimentos em andamento”, ressaltou.