Acilon Gonçalves admite disputar governo do Ceará em 2022 e fica no comando do PL

Por ser próximo dos Ferreira Gomes, Acilon pode atrapalhar os planos de Bolsonaro nas próximas eleições


Foto: Henrique Araújo / O POVO

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

Em entrevista coletiva nesta quarta-feira, 1º, o prefeito do Eusébio, Acilon Gonçalves (PL), admitiu possibilidade de ser candidato a governador do Ceará em 2022.

Ele também afirmou que continua no comando do PL no Estado, mesmo com a filiação do presidente Jair Bolsonaro. Por ser próximo dos Ferreira Gomes, Acilon pode atrapalhar os planos de Bolsonaro nas próximas eleições.

De acordo com Gonçalves, a ideia inicial é conversar com partidos aliados para seguir o melhor caminho, mas caso o PL escolha pela candidatura própria, ele se colocou à disposição. As informações são do O Povo.

“A primeira ideia é conversar com todos os partidos, porque, até o momento, não há candidatura própria no PL. Mas sendo impossível essas tratativas com outros partidos, nós passaremos a analisar a candidatura própria, que pode ser a de quem vai entrar, mas pode ser a minha que já estou aqui”, disse o prefeito.